Câmara aprova concessão de Medalhas durante a 27ª Sessão Ordinária

Câmara aprova concessão de Medalhas durante a 27ª Sessão Ordinária

Realizada na última segunda-feira, 18 de setembro, a 27ª Sessão Ordinária da Câmara aprovou por unanimidade a concessão da Medalha Padre Bento ao Padre José Ignácio Sonsini e da Medalha Daniel Berg ao Pastor Benevides dos Santos (in memoriam). Sendo esta última uma nova congratulação, proposta pelo Presidente da Câmara, Dr. José Galvão, e que passa a integrar as honrarias outorgadas pela Câmara.

A Vereadora Maria do Carmo Piunti cumprimentou Dr. José Galvão pela instituição da medalha, que é voltada aos cristãos evangélicos, destacando o importante trabalho social desempenhado pelas Igrejas Evangélicas na comunidade ituana.

Também foi aprovado em 2ª discussão, por onze votos a um, o Projeto de Lei Complementar nº 05/2017, proposto pelo Executivo Municipal, que altera dispositivos da Lei Complementar nº 28/ 2017, sobre ocupação do solo, para regulamentar a criação de Zona de Corredor Comercial 5 (ZCC5) e viabilizar sua aplicação no município.

Em 1ª discussão, estavam o Projeto de Lei nº 75/2017, proposto pelo Vereador Rodrigo Macruz, que dispõe sobre o uso de lâmpadas de Led na iluminação pública em novos loteamentos e empreendimentos imobiliários da Estância Turística de Itu; a instituição da Campanha Setembro Verde (Projeto de Lei nº 93/2017), cujo objetivo é dar visibilidade e promover a inclusão social da pessoa com deficiência, proposta pelo Vereador Dito Roque; o Projeto de Lei nº 92/2017, que dispõe sobre alterações da Lei 4195, de 20 de maio de 1998, sobre a proibição do uso de cerol e de qualquer material cortante em linhas de pipa. A proposta do Vereador Normino da Rádio ainda inclui no município a campanha “Pipa Sem Cerol”, para sensibilizar e conscientizar a população, especialmente crianças e adolescentes, sobre os riscos à vida humana em decorrência do uso de cerol e outros materiais cortantes, como a linha chilena.

De autoria do Vereador Giva, o projeto de Lei nº 95/2017, propõe que fique assegurada a carteira de identidade funcional dos inativos aos Guardas Civis Municipais aposentados, seja por tempo ou por invalidez. Todos os projetos em 1ª discussão foram aprovados por unanimidade.

Deixe uma reposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *