Emenda de Galvão contra elitização de Conselheiros Tutelares é barrada

Emenda de Galvão contra elitização de Conselheiros Tutelares é barrada

Vereadora Maria Do Carmo Piunti e o vereador Wilson Leonardi também votaram contra o projeto
Na última sessão extraordinária desta sexta-feira (28/06), o vereador Dr. José Galvão apresentou uma Emenda para alterar o Projeto de Lei nº 70/2019 que determina experiência de no mínimo 2 anos de registro em carteira ou RPA (Recibo Pagamento de Autônomo) para um Conselheiro Tutelar participar de um processo seletivo.

Na emenda proposta por Galvão e assinada pelos Vereadores Maria do Carmo Piunti e Wilson Leonardi, a comprovação da experiência em registro não se faz necessário. “Não podemos elitizar os futuros Conselheiros Tutelares, precisamos dar mais oportunidade aos que possuem experiência na área, que conhecem as entidades e têm uma sensibilidade social”, afirmou em plenário.

Deixe uma reposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *