Moradores do antigo cemitério Pedra da Paz protestam na Câmara de Vereadores

Moradores do antigo cemitério Pedra da Paz protestam na Câmara de Vereadores

Moradores do antigo cemitério Pedra da Paz protestaram na Câmara de Vereadores pedindo ajuda sobre a desocupação da área a qual foi invadida.

A sessão foi suspendida por tempo indeterminado para que os populares organizassem uma comissão, para que fosse recebida pelos vereadores.

Mesmo os vereadores estando solidários as famílias que vivem no local e serão despejadas, “Não temos poder para passar por cima de uma decisão da Justiça”, declara Galvão.

O Vereador Giva apresentou uma proposta, da assinatura de uma petição por unanimidade, pedindo que o Ministério Público conceda um prazo maior, de 6 meses, ou 1 ano, para que essas famílias tenham mais um tempo para arrumar onde ficar, em vez de serem despejadas mês que vem.

A pedido dos moradores, os vereadores concordaram em cobrar do Departamento de Habitação da Prefeitura, que se o pedido ao MP for atendido, que cadastre todas essas famílias em programas habitacionais.

“Não vamos enganar ninguém, mesmo apresentando essa boa vontade em tentar estender o prazo para que fiquem no local, não existe garantia nenhuma de que o pedido será atendido pelo Ministério Público, ou mesmo pelo dono do terreno, já que como eu disse, trata-se de sentença judicial já julgada. Já estamos preparando o documento para encaminhar ao MP, que é o que podemos fazer como vereadores”, conta o vereador José Galvão.

Deixe uma reposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *